segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Arqueologia no Amapá – PARTE I.

Inscrições rupestres em Ferreira Gomes

Nem todos sabem, mas o Amapá tem sítios arqueológicos. Chega a ser desnecessário afirmar que estes são interessantes, pois, afinal de contas, qual sítio arqueológico não é muito interessante?
Na região do Tracajatuba, a poucos quilômetros de Ferreira Gomes, foram encontrados desenhos rupestres em baixo relevo em rochas a céu aberto.

Fotos: Flávia Pennafort


A desoberta é recente e desde 1996 arqueólogos do museu paraense "Emílio Goeldi" vêm até o local para fazer estudos das inscrições. O local veio a ser conhecido como Pedra do Índio.

As figuras mais compreensíveis



Quando vi estas três cruzes lembrei da parte da constelação de Órion popularmente conhecida como "Três Marias"

Ao observar as imagens, vêm à mente o que significam e o porquê das pessoas que viveram naquela região terem o árduo trabalho de gravar em rochas de origem magmáticas tais figuras. É claro que o desenho é uma forma de expressão, desenhamos aquilo que vemos, que gostamos, que queremos deixar. Mas o gostoso de conhecer esses locais é que ficamos intrigados por não compreendermos exatamente o significado dos mesmos. É claro que as três cruzes são bem claras para uma pessoa leiga. Seriam constelações? Provavelmente. Estudos arqueológicos esclarecem que o homem tinha por hábito desenhar corpos celestes ( sol, lua estrelas, etc ), suas atividades cotidianas ( caça, rituais de dança, )

Com relação a essas inscrições nada de certo ou unânime foi declarado pela equipe científica que se dedica ao estudo.

Aliás o que de certo temos a respeito dos desenhos rupestres?




“Barba-de-bode” é assim que é chamada a vegetação rasteira que predomina na área
do sítio arqueológico da Pedra do Índio.



Agradeço a atenção recebida por parte do Professor/Historiador José Farias,
do Museu Joaquim Caetano da Silva

2 comentários:

  1. Olá Hélida! Me chamo Leandro Freitas sou estudante de história (unifap) e um grande adimirador da arqueologia e antropologia cultural amazonica especificamente a do Amapá.Fiquei maravilhado como as belas e elegantes imagens que postou em seu blog sobre as paisagens do estado o qual tenho orgulho de pertencer. Na ocasião salvei algumas delas para que pudesse servir como registro ou fonte para futuros trabalhos.. obrigado..!

    ResponderExcluir
  2. Leandro, muito obrigada pela visita. Realmente a nossa região é belíssima e tb sou muito orgulhosa por morar aqui.
    Beijão.
    Hélida

    ResponderExcluir