segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Rio Araguari




Mesmo com o nível da água muito baixo nesta ápoca do ano, o rio Araguari ainda é uma excelente opção para lazer. Há aproximadamente duas horas de carro de Macapá pela BR 156, podemos escolher que trecho do rio desfrutar de um banho.
A rodovia está em bom estado de conservação e seja em Porto Grande ou Ferreira Grande, não precisamos nos preocupar com o bem estar da família porque ambas oferecem pousadas/hotéis e restaurantes.
O rio Araguari é simplesmente lindo! O sol quente e o baixo nível das águas fazem com que a temperatura do rio fique morna e o banho se transforma numa verdadeira terapia.


Fotos: Flávia Pennafort



TARUMÃ
( Osmar Júnior )
Minha historia é que nem essa história
Do moço que se encantou, se encantou...
Nas águas do rio Calçoene
Virou pau, madeira de amor
E eu fui parar noutro rio
Atrás do meu grande amor
Nas águas do Araguari
Meu coração se encantou
É um rio encantado
O Araguari, o Araguari, o Araguari
É um rio do passado
O Araguari, o Araguari, o Araguari
Vou contar pra vocês essa história
Do moço que se encantou, se encantou
Vou contar pra vocês essa glória
De ser pau, madeira de amor
Tarumã, Tarumã
A gente subia o rio
Tarumã, Tarumã
Se a gente morreu foi de amor
Tarumã, Tarumã
A gente descia o rio
Tarumã, Tarumã
O rio que nos separou.
MAIRI - 2005




É uma lástima que boa parte da população amapaense não assuma um comportamento ecológico ao visitar os rios do Estado. O que vemos é um bando de verdadeiro vândalos que levam isopores lotados de latinhas de cerveja que após consumidas são largadas nos rios ou nas suas margens. Como também as famílias que fazem churrasco e deixam todo o lixo nos locais. O curioso é que essas pessoas parecem não se importar em tomar banho ou ficar próximo ao lixo. Será que é esse o costume que têm em suas próprias casas? Vale lembrar que as famílias que levam suas crianças a esses lugares estão demonstrando às mesmas como cuidar do meio ambiente.

Cuidar da limpeza desses locais não custa nada: uns dois ou três sacos plásticos para guardar as sobras de comida, latas e garrafas vazias resolveriam o problema da higiene.


- Quando estiver dirigindo não jogue e nem permita que os passageiros do seu carro joguem objetos pela janela: copos descartáveis, latinhas de bebida ( é, tem gente que faz isso ), papel, …. Esse lixo pode atingir outro carro e até mesmo ferir uma pessoa. Tenha sempre um saco plástico.


- Se você for a um lugar com a intenção de fazer seu próprio churrasco, utilize o espaço deixado pela comida/bebida consumida para trazer de volta o lixo feito por você: restos de comida, latinhas amassadas, embalagens em geral, etc.


Essas dicas são fáceis, não custam nada e a natureza e os amantes dela SINCERAMENTE AGRADECEM!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Cachoeira Grande - Amapá


Foto: Flávia Pennafort
Há aproximadamente 3h30m de carro pela BR156, se você for entre 90km/h a 100km/h,  chegará a Cachoeira Grande, no município do Amapá. O trecho da rodovia entre Ferreira Gomes e o Amapá está em excelente estado de conservação, porém requer muita atenção por parte do motorista pois ainda não existe sinalização horizontal e/ou vertical.

No caminho você atravessa as pontes sobre os rios Araguari, Tracajatuba, Tartarugal Grande, Tartarugalzinho, Flechal, e alguns igarapés. Vale a pena parar em algum deles para um mergulhinho.

Embora nesta época do ano ( outubro ) o nível de água esteja muito baixo, ainda é uma excelente forma de lazer. O banho fica calmo e relativamente seguro. No local dois restaurantes, sendo que um deles é também um hotel ( do Sr. Louro ), mas para os amantes da vida ao ar livre uma extensa margem arenosa oferece excelente opção de acampamento. Isso sem falar que há poucos minutos da cachoeira você chega ao município do Amapá onde existem também várias opções de alojamento.

O município do Amapá é limpo, tranquilo e aconhegante


Se você tiver sorte fica com uma corredeirinha só para você. Como eu...

Foto: Flávia Pennafort
Se não, pode relaxar boiando nas águas mornas e tranquilas das piscinas naturais.

A vegetação nos presenteia com estes dois postais.



Fotos: Flávia Pennafort

quinta-feira, 15 de outubro de 2009


Foi no último dia 03, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, o casamento religioso do meu cunhado Joel Elias com Shiley. O casal finalmente selou perante a igreja sua união que já dura mais de uma década. Na foto, o casal e a filha Iandara Luna.